Logotipo ControleODONTO
Ter uma CLÍNICA LUCRATIVA: Pense muito além do tratamento clínico

Ter uma CLÍNICA LUCRATIVA: Pense muito além do tratamento clínico

Gestão Odontológica

Em um mercado altamente massificado e competitivo como o da saúde privada no Brasil, ter um pensamento diferenciado de gestão na saúde é questão crucial para a sobrevivência do seu consultório ou clínica.

Não há mais espaço para amadorismo na condução das estratégias das clínicas médicas e odontológicas, uma vez que, segundo dados do Conselho Federal de Odontologia e Conselho Federal de Medicina, temos mais que o dobro de médicos e dentistas do que preconiza a Organização Mundial da Saúde (OMS). Então, o que fazer para se diferenciar?

A resposta pode parecer simples, pois realmente é: cuidar do relacionamento com as pessoas e conhecer os seus indicadores de gestão.

Fluxo Y para ir além do clínico

Sei que você, profissional da saúde, não teve um embasamento científico sobre gestão de clínicas enquanto esteve na faculdade. Eu, como doutorando em administração da saúde pela Universidade de Lisboa, dois mestrados na área e professor da primeira disciplina no Brasil sobre gestão de consultórios e clínicas, ouso dizer que o que vai ouvir aqui é simples e direto: aplique e veja os resultados aparecerem.

Para isso, torna-se crucial implementar o que eu chamo de Fluxo Y. Um simples e poderoso passo-a-passo para atingir justamente este objetivo: conquistar os melhores pacientes e conhecer a fundo seu consultório ou clínica para que consiga montar estratégias de sucesso.

O Fluxo Y é composto de 3 eixos muito bem definidos: Eixo do Paciente (que eu prefiro chamar de Cliente), Eixo Assistencial e Eixo Administrativo-financeiro. Cada um tem suas peculiaridades que veremos aqui. 

Fluxo em Y

Eixo do Paciente

O Eixo do Paciente é a mola propulsora para trazer o paciente certo e fazer ele dizer SIM para você, de forma íntegra e ética, gerando tratamentos altamente lucrativos. E para isso, não precisa de nenhum marketing agressivo ou dançar música nas redes sociais. O caminho é simples: geração de autoridade e carinho com as pessoas.

Há 4 passos simples e óbvios que precisamos ter cuidado. O primeiro deles é o agendamento. Sua secretária realmente está cuidando do seu principal canal de entrada de pacientes? Ela responde de forma carinhosa, rápida e propõe valorizar você e sua equipe? Ela consegue surpreender positivamente o paciente?

O simples fato de termos um agendamento diferenciado já nos garante um grande crescimento de volume (e engajamento) de pacientes com a clínica. E não para por aí. Mesmo fazendo um agendamento maravilhoso, precisamos cuidar também do segundo passo: o atendimento na recepção.

Na recepção, torna-se crucial fazer “as honras da casa”. Chamar pelo nome, oferecer um suco ou biscoito, conversar, se preocupar. Ter esse carinho com o paciente mostra zelo no relacionamento. A recepcionista precisa ser treinada para realmente acolher as pessoas, como fazemos com as visitas em nossa casa.

O terceiro passo é cuidar do atendimento clínico. Aqui são várias dicas simples: busque o paciente na recepção (ele adora). Apresente a clínica e mostre o que vocês fazem. Ao entrar no consultório, sente com ele em uma mesa primeiro. Relacione e dê um pequeno presente (mimo). Ele quer te conhecer melhor e isso é crucial para um maior envolvimento profissional-paciente.

Após analisar o caso clínico, o último passo é a negociação do orçamento. Para isso, tornar-se crucial imprimir o orçamento do sistema de gestão e utilizar uma papelaria que agregue valor. Proponha opções e condições que ele realmente consiga pagar, senão de nada adiantou toda a experiência até aqui.

Se você seguir algumas dessas dicas, o SIM do paciente fica muito mais próximo, te proporcionando uma clínica mais lucrativa. Mas você acha que acabou por aí? Com certeza não. Preciso também garantir os controles internos.

Eixo do Assistencial

No Eixo Assistencial, temos outros três passos muito simples: controle da produtividade, esterilização e limpeza, além do pré da próxima venda. Vamos falar sobre isso?

Precisamos ter controle da produtividade, quais são os profissionais que mais produziram, os procedimentos mais executados, quais pacientes estão em fase final de tratamento, entre outros. Portanto, precisamos usar o sistema com sabedoria, dando conclusão nos procedimentos.

A esterilização e limpeza precisam ser perfeitos. Não há espaço para amadorismo aqui. Para isso, implementamos checklist de limpeza a cada duas horas (no mínimo), além de garantir que a esterilização siga o que preconiza a ANVISA. Você está fazendo corretamente?

O pré da próxima venda é o processo que me garante a fidelização do paciente na clínica. Ao realizar o último procedimento do plano de tratamento, preciso indicar um próximo passo e oferecer, de forma íntegra e ética, um novo orçamento. Isso é importante. No Eixo Assistencial, temos outros três passos muito simples: controle da produtividade, esterilização e limpeza, além do pré da próxima venda. Vamos falar sobre isso?

Precisamos ter controle da produtividade, quais são os profissionais que mais produziram, os procedimentos mais executados, quais pacientes estão em fase final de tratamento, entre outros. Portanto, precisamos usar o sistema com sabedoria, dando conclusão nos procedimentos.

A esterilização e limpeza precisam ser perfeitos. Não há espaço para amadorismo aqui. Para isso, implementamos checklist de limpeza a cada duas horas (no mínimo), além de garantir que a esterilização siga o que preconiza a ANVISA. Você está fazendo corretamente?

O pré da próxima venda é o processo que me garante a fidelização do paciente na clínica. Ao realizar o último procedimento do plano de tratamento, preciso indicar um próximo passo e oferecer, de forma íntegra e ética, um novo orçamento. Isso é importante.

Eixo Administrativo-financeiro

Agora falando do Eixo Administrativo-financeiro, preciso garantir outros três passos: Contas a pagar e receber, conciliação financeira, e indicadores.

Para controlar as contas a pagar e a receber, é bem simples: preciso fechar o caixa no sistema de gestão e cadastrar todas as despesas que chegam até à clínica. Com isso, terei sempre atualizado minhas contas a pagar e também minhas contas a receber.

O processo de conciliação financeira é algo bem lógico: preciso “dar baixa” no sistema de gestão de todos os títulos a pagar e a receber que aconteceram no dia anterior, garantindo que o saldo bancário seja perfeitamente igual ao saldo no sistema TODOS OS DIAS. Isso é crucial para termos certeza do financeiro.

Por último, com tudo funcionando perfeitamente, precisamos analisar indicadores cruciais para fazer a gestão: lucro por hora de cada procedimento, perfil dos novos clientes, índice de fechamento, ticket-médio, produtividade, finanças, entre outros.

É fazendo uma gestão profissional que se desenha estratégias de sucesso para seu consultório ou clínica. Isso tudo é perfeitamente possível se você está no caminho certo.

Posso te dar uma dica simples?

Eu falei tudo isso e muito mais em meu livro intitulado Manual da Clínica Lucrativa. Ele está disponível na versão digital gratuitamente para você, cliente do ControleODONTO e ControleMÉDICO.

Quer baixar agora? Acesse www.maquinadesolucoes.com.br/controleodonto e desfrute de uma boa leitura sobre como ter uma Clínica Lucrativa, de forma íntegra e ética. Me siga também no Instagram pelo @tobiaskfoury. Te aguardo lá!

Quero aprender mais sobre
Compartilhe este Post
WhatsApp